Tradição da Folia de Reis resiste

0
28

 

Cleidiana Ramos

Fotos: Divulgação

Mesmo em número reduzido em relação ao passado, a tradição dos reisados ou Folia de Reis resiste, especialmente em cidades do sertão baiano e da Chapada Diamantina, como Mucugê. São grupos que passam nas casas onde têm presépios para fazer uma visita e as  animam com canções de repertório específico embaladas por violas, pandeiros e outros instrumentos.

Os reisados preservam a memória da visita que os chamados reis magos fizeram ao estábulo onde estava o recém-nascido Jesus com os seus pais, Maria e José. O episódio é  narrado nos evangelhos.

Uma outra variação são os Ternos de Reis. Estes tem um maior número de integrantes que desfilam pelas ruas, usando fantasias, visitando igrejas e outros locais onde tem presépios montados.  Em Salvador, a Igreja da Lapinha, situada no bairro homônimo, é o endereço da festa que tem os ternos como protagonistas.

Festa de Reis na Lapinha, em Salvador

Os reisados ou Folia de Reis acontecem do período anterior ao Natal até  6 de janeiro, último dia em que os presépios ficam montados. Geralmente, os donos das casas visitadas dão brindes após a performance dos visitantes.

Para quem está em uma das cidades dos  Caminhos do Sertão baiano ou na Chapada Diamantina esta é mais uma das amostras da forte religiosidade popular da Bahia que pode ser apreciada. Geralmente, em cidades que têm presépios armados em espaços  públicos sempre ocorrem estas performances.

Conheça mais sobre os Caminhos do Sertão

Confira os encantos da Chapada Diamantina

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

Postagens sobre esse destino: