Ideias para saborear o rei da mesa regional: peixe

0
47

Cleidiana Ramos

Foto: Divulgação

O peixe é o alimento onipresente no Litoral Norte. É compreensível diante da diversidade de espécies em uma costa extensa como é a região.

Além disso, o peixe permite o preparo diferenciado, o que torna quase impossível não encontrar uma forma que agrade ao paladar. O chef Matheus Almeida, 27 anos, por exemplo, consegue com imensa facilidade imaginar formas de preparo capazes de inspirar os sentidos.

“De saída, já sugiro um escaldado de peixe, um assado com ervas e o famoso escabeche. São pratos que podem ser feitos para ficar com aquele gostinho de comida de casa de vó”, diz o chef, que tem como referência a experiência familiar.

Matheus Almeida: experiência com sabores afro-brasileiros. Foto: Ludmila Cunha

Uma das inspirações de Matheus é o seu pai, Jandiro Almeida. “Na feijoada e no feijão de leite, não tem para ninguém. Ele aprendeu direitinho com minha avó.  Posso dizer que meu pai cozinha muito”, diz, sem esconder o orgulho com as habilidades de seu Jandiro.

Experiências

A gastronomia apareceu no caminho de Matheus depois de experiências em áreas como arquitetura e administração, cursos que ele acabou abandonando. “Mas retirei as experiências como a questão do visual, que prezo na construção dos pratos, e também a gestão, que é muito interessante”.

O chef fez uma opção também diferente do mais comum. Ele não mantém restaurantes. Prefere realizar eventos que unem outras formas culturais, como a música, e preparar banquetes.  Os pratos de Matheus também respiram as influências da cultura afro-brasileira. “Essa é a minha referência em vários sentidos”, completa.

Especialmente para o Destinos da Bahia, o chef apresenta três receitas para consumir peixe e impressionar. Segundo ele, o ideal é conseguir a versão fresca, mas na impossibilidade dá para usar os congelados. “Não é o ideal, mas o que não pode é ficar sem comer a moqueca”, aponta, em meio a uma gargalhada.

Para o escaldado, ele sugere a espécie vermelho ou pescada amarela. “Eles conseguem absorver bem o tempero”, explica.

Para o escabeche, a aposta do chef é a cavala, e o assado fica excelente, de acordo com ele, com o robalo. Agora é só conferir o passo a passo e entrar no clima gastronômico do Litoral Norte com o Escabeche à baiana:

Ingredientes:

  • 1kg de posta de peixe
  • 3 tomates picados
  • 2 cebolas
  • 2 pimentões
  • 1 mix de coentro, salsa e cebolinha ( picados )
  • 150ml de polpa de tomate
  • 1 limão (sumo)
  • 100ml de azeite de oliva
  • 150ml de leite de coco grosso
  • Azeitonas a gosto
  • 2 ovos batidos
  • 2 batatas cozidas cortadas em rodelas
  • 3 ovos cozidos e cortados em rodelas (para decorar)
  • 1 folha de louro
  • Óleo para fritura
  • Farinha de trigo para empenamento
Modo de preparo:
  1. Tempere o peixe com alho, sal, sumo de limão.
  2. Empane-o em ovos batidos, farinha de trigo e frite em óleo quente.
  3. Em uma frigideira macere os temperos ( tomate , cebola, pimentão, coentro, salsa, cebolinha), deixe refogar e adicione o molho de tomate, leite de coco e a folha de louro.
  4. Deixe que cozinhe para apurar o sabor e acerte o sal.
  5. Num refratário coloque as postas de peixe e regue com o molho. Adicione as azeitonas , rodelas de batatas e de ovos cozidos.
  6. Sirva com feijão de leite e arroz branco.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

Postagens sobre esse destino: