Caminhos do Jiquiriçá

    0
    90

    Turismo de aventura e belas paisagens são trunfos do Vale do Jiquiriçá

    Cleidiana Ramos

    Foto: Aristides Alves

    O Vale do Jiquiriçá fica numa região privilegiada: está próximo do litoral de Salvador, como também do que forma a Costa do Dendê. Mas nem por isso deixa de ter atrativos fascinantes: cachoeiras, cenários para turismo ecológico e também de aventura.

    O nome veio por conta da bacia do rio homônimo, localizada a 150 quilômetros do oeste de Salvador.  São dois circuitos: o primeiro envolve municípios como Amargosa, Jiquiriçá, Laje, Ubaíra, dentre outros. Cruz das Almas, Santo Antônio de Jesus e Varzedo compõem as rotas do segundo.

    Região possui belas paisagens.

    Cercada por serras e vales, a região tem se apresentado como uma alternativa para os praticantes de cavalgadas, trekking, canoagem e pesca. Outra atração da região é o turismo religioso, devido a romarias para locais como Milagres, onde tem um forte culto a Nossa Senhora e rochas consideradas milagrosas.

    A região seduz com nascentes e rios ainda preservados e patrimônio arquitetônico, sobretudo na área rural, com as casas de fazenda que contam a história do período de forte desenvolvimento na agricultura local, principalmente a partir do século XIX com a chegada da estrada de ferro.

    Artesanato em barro e palha são outros dos elementos culturais dos municípios da região. Nos meses de maio a agosto o clima é bem mais ameno, com temperaturas que costumam ficar na faixa dos 20º C, principalmente na região de Amargosa, onde acontece uma das festas de São João mais famosas do Brasil.

    O acesso ao vale, saindo de Salvador, se dá a partir da ligação da BR-324 com a BR-101, via Santo Antônio de Jesus. Também é possível chegar ao mesmo destino via ferry-boat.

    SHARE
    Previous articleRecôncavo
    Next articleCaminhos do Oeste