Descubra a beleza de Arraial d’Ajuda

0
103

Priscila Dórea

Fotos: Divulgação

Localizado a cerca de 730 km de Salvador, Arraial d’Ajuda é um dos cinco distritos de Porto Seguro, na Costa do Descobrimento. Seu nome tem origem cristã e foi uma homenagem a uma das naus capitaneadas por Thomé de Sousa, quando veio à Bahia para fundar Salvador, em 1549. A nau “Ajuda” é uma homenagem a um dos títulos de Maria, mãe de Jesus: Nossa Senhora da Ajuda. 

O distrito, que inicialmente se chamava Arraial de Nossa Senhora d’Ajuda, teve seu nome reduzido aos poucos até se tornar definitivamente Distrito de Arraial d’Ajuda. Sua população, por outro lado, aumenta com o passar dos anos e hoje tem cerca de 17 mil habitantes.

Arraial d’Ajuda é considerado o ponto de encontro de escritores, músicos e artistas. As oito praias paradisíacas são o principal atrativo para os visitantes: Praia dos Pescadores, Apaga-Fogo, Araçaipe, Mucugê, Parracho, Pitinga, Taípe e Lagoa Azul.

Repletas de piscinas naturais na maré baixa, em algumas das praias é possível praticar mergulho e windsurf. Algumas barracas locais promovem luaus e carnavais fora de época. Na praia de Mucugê se encontra também o maior parque aquático do estado, o Eco Parque Arraial d’Ajuda.

A rua do Mucugê, que leva ao rio de mesmo nome, é onde se pode encontrar a maior concentração de lojas e restaurantes de Arraial. Suas construções de estilo único e a beleza e variedade dos estabelecimentos, lhe deram o apelido de “Rua mais charmosa do Brasil”.

Ligando Arraial a Porto Seguro, está o bairro Quintas do Arraial, também conhecido como Estrada da Balsa. Localizada entre uma planície de inundação e o mar, é onde se concentra os mais variados tipos de hotéis, pousadas, condomínios, casas de luxo e barracas.

Você sabia?

Nau é o nome genérico dado aos navios com capacidade para 200 pessoas, usados em viagens longas até o século 15. Sendo embarcações de grande porte, possuíam castelos de proa e de popa, até quatro mastros, com duas ou três ordens de velas sobrepostas. Eles eram imponentes, com uma armação arredondada e velas latinas no mastro da ré.
Muito usadas na época da tomada da América pelos europeus, nelas zarparam personalidades históricas como Thomé de Souza, Cristóvão Colombo e Vasco da Gama.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

Postagens sobre esse destino: