Arquidiocese de Salvador divulga vencedores do Concurso de Presépios

0
10

Priscila Dórea

Fotos: Divulgação / Arte: Priscila Dórea

A Arquidiocese de Salvador divulgou o resultado do 6º Concurso Arquidiocesano de Presépios. A competição, que faz parte do Projeto Salvador Cidade Natal do Brasil, tem como finalidade estimular a construção de presépios, despertar a criatividade e a memória das tradições populares do Natal. Os vencedores desta edição, separados por categoria, foram:

Os ganhadores receberão os trófeus, entregues por Dom Murilo Krieger, arcebispo de Salvador e primaz do Brasil, na próxima sexta-feira, 22,  às 11 h, na Cúria Metropolitana de Salvador (Av. Leovigildo Filgueira, Garcia). Os presépios devem ficar expostos até dia 6 de janeiro.

Narrativa

Os presépios são uma tradição natalina que há centenas de anos decoram casas pelo mundo. Originado do termo em latim praesaepe, que significa estrebaria ou curral, a tradição teve início em 1223, com São Francisco de Assis, na cidade de Greccio, na Itália.

Querendo explicar de forma clara aos camponeses como havia sido a noite do nascimento de Jesus Cristo, São Francisco teve a ideia de moldar vários bonequinhos de barro e argila para representar os que estavam presentes quando Jesus nasceu. A ideia deu tão certo, que desde então montar presépios se tornou uma tradição pelo mundo.

No Brasil, esse costume chegou apenas no século 17, através do religioso Gaspar de Santo Agostinho, que montou o primeiro presépio brasileiro na cidade de Olinda, em Pernambuco.

Nos dias de hoje, os presépios, que adquiriram teor decorativo, têm suas peças feitas dos mais variados materiais e tamanhos. Os personagens representados tradicionalmente são: o Menino Jesus, Virgem Maria, José, os anjos que anunciam a chegada de Jesus, os três Reis Magos (Baltazar, Gaspar e Melquior), os pastores representando a simplicidade das pessoas do local em que Jesus nasceu e os animais, geralmente burros, bois e ovelhas.

Além destes, a manjedoura de palha, a Estrela de Belém (que guiou os Reis Magos), e ouro, incenso e mirra (os presentes que os Reis Magos trouxeram para Jesus), também são representados.

De acordo com a tradição, o presépio deve ser montado no primeiro domingo de dezembro e desmontado no dia 6 de janeiro, data em que se comemora o Dia de Reis.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

Postagens sobre esse destino: